v. 48 (2017)

A Sociedade Brasileira de Economia Política (SEP) foi criada em junho de 1996, durante a realização do I Encontro Nacional de Economia Clássica e Política, na Universidade Federal Fluminense, em Niterói (RJ). A SEP tem por objetivo primordial garantir um espaço ampliado de discussão a todas as correntes teóricas e áreas de trabalho que entendam a economia como uma ciência inescapavelmente social e que, por isso, tenham na crítica ao mainstream seu elemento comum.

A Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política tem publicado e continuará publicando artigos científicos de diversas tendências teóricas – inspiradas sejam em Marx, Keynes, Schumpeter entre outros – desde que mantenham  atitude crítica em relação ao capitalismo ou oposição teórica às correntes ortodoxas, liberais ou neoliberais. Ademais, faz opção clara por artigos que não privilegiam a linguagem da matemática e que não tratam a sociedade como mera natureza.

O ISSN da Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política é 1415-1979.

Edição completa

Ver ou baixar a edição completa PDF

Sumário

Apresentação

Apresentação PDF
Comitê Editorial

Artigos

Reflexões teórico-metodológicas sobre uma pretensa formalização da superexploração do trabalho PDF
Rodrigo Straessli Pinto Franklin
Algumas reflexões em torno do conceito de superexploração do trabalho PDF
Carlos Eduardo Martins
Desenvolvimentismo transformador PDF
Niemeyer Almeida Filho
Mercado, planificação e socialismo PDF
Renildo Souza, Paulo Balanco
Integração produtiva em processos de regionalização econômica: o Mercosul em questão PDF
Hoyêdo Nunes Lins
Oferta, demanda e tendência do preço internacional do petróleo: uma interpretação à luz da abordagem clássica do excedente PDF
Simone Fioritti Silva

Resenhas

Capitalismo e democracia: convergência ou divergência?. PDF
Maurício Michel Rebello, Gustavo Giora


Revista da SEP - ISSN 1415-1979