A relação entre base, superestrutura e consciência social em Marx

Autores

  • Lawrence Estivalet de Mello
  • Maria de Mello Malta

Palavras-chave:

Marx, Mészáros, Thompson, base, superestrutura e consciência social

Resumo

Este trabalho apresenta uma defesa da posição de Marx, no Prefácio de 1957 da Contribuição à Crítica da Economia Política, sobre a relação entre base econômica, superestrutura jurídica e política e consciência social. Para tanto, retoma os fundamentos do materialismo histórico, como o conceito de história e a noção de autonomia relativa do Estado. Tem-se como marco teórico as posições de Thompson e Mészáros, cujas análises permitem a compreensão do Prefácio como símile explicativo para uma complexa relação social.

Biografia do Autor

Lawrence Estivalet de Mello

Mestre e Doutorando em Direito pelo PPGD/UFPR (Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Paraná). Bolsista da CAPES. Pesquisador do Núcleo de Pesquisa Direito Cooperativo e Cidadania (PPGD/UFPR)

Maria de Mello Malta

Doutora em Economia pela Universidade Federal Fluminense (2005). Professora Adjunta da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), nos cursos de graduação de Economia e de Gestão Pública, bem como no Programa de Pós-graduação em História da Ciência e da Tecnologia e Epistemologia (HCTE) e no Programa de pós-graduação em Economia. É Pró-reitora da Extensão da UFRJ, diretora da Sociedade Brasileira de Economia Política (SEP) e Coordenadora do Laboratório de Estudos Marxistas (LEMA)

Downloads

Publicado

2017-05-22