Manoel Bomfim e a crítica ao imperialismo no início do século XX

Autores

Palavras-chave:

Manoel Bomfim, Primeira República, imperialismo, Brasil, América Latina

Resumo

O presente artigo investiga o pensamento crítico presente na obra de Manoel Bomfim, intelectual brasileiro cujas contribuições teóricas remontam ao período da Primeira República no Brasil, com um duplo propósito, o de evidenciar a existência, neste país, de um pensamento autêntico, original, crítico e radical ao capitalismo naquele momento da história e o de mostrar que suas ideias acerca das relações internacionais entre os países da América Latina, com destaque para o caso do Brasil, e as grandes potências industrializadas, guardam estreita proximidade com as teses clássicas do imperialismo capitalista que emergiram no final do século XIX e nas primeiras décadas do século XX. 

Biografia do Autor

Vinícius Vieira Pereira, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Tutor do Programa de Educação Tutorial (PET-Economia) da UFES. Coordenador Geral do Grupo de Estudos e Pesquisa em Conjuntura.

Referências

ADEODATO, João Maurício. “O positivismo culturalista da Escola do Recife”, Novos Estudos Jurídicos, n. 2, v. 8, pp. 303-326, mai-ago 2003.

BARBOSA, Ruy. “Aos entusiastas da amizade americana”. In: PRADO, Eduardo. A ilusão americana. Brasília: Senado Federal-Conselho Editorial, 2003. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/1095/661687.pdf?sequence=3&isAllowed=y. Acesso em: 20/10/2019.

BOMFIM, Manoel. América Latina: males de origem. Versão digital: Centro Edelstein de Pesquisas sociais. 2008. Disponível em: https://static.scielo.org/scielobooks/zg8vf/pdf/bomfim-9788599662786.pdf. Acesso em: 17/03/2019.

______. O Brasil nação: riqueza da soberania brasileira, v. II. Rio de Janeiro: Fundação Darcy Ribeiro, 2013. (Coleção biblioteca básica brasileira; 31).

BRASIL. Coleção de Leis do Império do Brasil. p. 386; v. 1; parte I, 1873 (Publicação Original). Disponível em: : https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-24 5 0-24-setembro-1873--551003-publicacaooriginal-67086-pl.html. Acesso em: 20/10/2019.

______. Coleção de Leis do Império do Brasil, p. 5, v. 1, parte 1, 1855. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-641-26-junho-1852-558790-publicacaooriginal-80365-pl.html. Acesso em 10 outubro 2019.

BUKHARIN, Nikolai. A economia mundial e o imperialismo. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

CANDIDO, Antonio. “Radicalismos”, Estudos Avançados, n. 8, v. 4, pp. 4-18, 1990.

DANTAS, Gilson. “Manoel Bonfim e os “males de origem” da América Latina: o parasitismo imperialista, parte I”. In: Esquerda Diário, 1997. Disponível em: https://www.esquerdadiario.com.br/Manoel--Bomfim-e-os-males-de-origem-da-America-Latina-o-parasitismo-imperialista-parte-I. Acesso em: 07/08/2019.

FREITAS, Leopoldo de. “O escritor de ‘a ilusão americana’”. In: PRADO, E. A ilusão americana. Versão para e-book. Livraria e Oficina Magalhães, 2002. Disponível em: http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/ilusao.pdf. Acesso em: 05/09/2019.

GONTIJO, Rebeca. Manoel Bomfim. Recife: Massangana, 2010. Versão digital. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me4708.pdf. Acesso em: 04/08/2019.

HILFERDING, Rudolf. O capital financeiro. São Paulo: Abril Cultural, 1985.

HOBSON, John. A. Imperialism, a study. Marxist’s Internet Archive, 2002. Disponível em: https://www.marxists.org/archive/hobson/1902/imperialism/index.htm. Acesso em: 11/09/2019.

JUNQUEIRA, Cecília Costa. “Manoel Bomfim, o educador revolucionário”. In: BOMFIM, M. O Brasil nação: riqueza da soberania brasileira, v. II, prefácio. Rio de Janeiro: Fundação Darcy Ribeiro, 2013. (Coleção biblioteca básica brasileira; 31).

LÊNIN, Vladimir Ilyich. O imperialismo, etapa superior do capitalismo. Campinas: Unicamp, 2011(Edição eletrônica).

LIMA, Oliveira. Pan-Americanismo (Monroe-Bolívar-Roosevelt). Rio de Janeiro, Paris: H. Garnier, 1907. Versão digital. Disponível em: https://sistemas.stf.jus.br/dspace/xmlui/handle/ 123456789/ 682. Acesso em: 28/07/2019.

KAUTSKY, Karl. “Ultra-imperialism”. In: Social Democrat, n. XXVII, jul-dez 1914, Marxists Internet Archive, 2004. Disponível em: https://www.marxists.org/archive/kautsky/1914/09/ultra-imp.htm. Acesso em: 10 fevereiro 2020.

LUXEMBURGO, Rosa. A acumulação do capital. São Paulo: Abril Cultural, 1985.

NASCIMENTO, Naira de Almeida. “Rocha Pombo: uma leitura da América na virada do século XX”. In: Anais do XIII Congresso Internacional da ABRALIC: Internacionalização do Regional. Julho/2013. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/revistas/abralicinternacional/trabalhos/Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_533_a5afe83524994ed6293c1b105ce88b8e.pdf. Acesso em: 10/12/2019.

PEREIRA, Vinícius Vieira. A construção da concepção centro e periferia no pensamento econômico: das teses do imperialismo às teorias da dependência. Vitória: Edufes, 2019.

PRADO, Eduardo. A ilusão americana. Rio de Janeiro: Livraria e Oficinas Magalhães, 1917. (versão digital). Disponível em: http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/ilusao.pdf. Acesso em: 03/09/2019.

ROMERO, Sílvio. A América Latina (Analyse do livro de igual título do Dr. M. Bomfim). Porto: Livraria Chardron, 1906 (Versão digital). Disponível em: https://bibdig.biblioteca.unesp.br/ handle/10/25976. Acesso em: 12/10/2019

SCHWARCZ, Lilian. O espetáculo das raças: cientistas, instituições e questão racial no Brasil: 1870-1930. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

SILVA, José Maria de Oliveira. “Manoel Bomfim e a ideologia do imperialismo na América Latina”, Revista de História da FFLCH-USP, n. 138, pp. 83-92, 1998. Disponível em: http://MANOEL%%20BOMFIM%20E%20ª%20IDEOLOGIA%20DOIMPERIALISMO%20NA%20AMÉRICA%20LATINA.pdf. Acesso em: 25/102019.

SUSSEKIND, Flora. “Manuel Bonfim: a América Latina”. In: SANTIAGO, Silviano (coord.). Intérpretes do Brasil. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002, pp. 607-625.

SUSSEKIND, Flora & VENTURA, Roberto. “Uma teoria biológica da mais-valia? (Análise da obra de Manoel Bomfim)”. In: ______. História e dependência: cultura e sociedade em Manoel Bomfim. Rio de Janeiro: Moderna, 1981.

VIANNA, Oliveira. Populações meridionais do Brasil. Brasília: Edições do Senado Federal, 2005.

VEBLEN, Thorstein. Absentee ownership and business enterprise in recent times: the case of America. London: George Allen/Unwin Ltda, 1923. (Versão digital). Disponível em: https://ia801606.us.archive.org/35/items/AbsenteeOwnershipAndBusinessEnterprise/Absentee%20ownership%20and%20business%20enterprise.pdf. Acesso em: 04/10/2019.

Downloads

Publicado

2021-04-28