A lógica do capital no espaço heterogêneo e o desenvolvimento territorial desigual

Autores

  • Pedro Henrique Evangelista Duarte Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas da Universidade Federal de Goiás.
  • Tiago Camarinha Lopes Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas da Universidade Federal de Goiás.

Palavras-chave:

Desenvolvimento territorial, geografia, capitalismo.

Resumo

O processo de globalização e do próprio desenvolvimento do modo de produção do capital no tempo e no espaço foi durante muito tempo descrito como “homogeneizador”. Os estudos empíricos e teóricos recentes indicam que, na verdade, este processo opera de forma desigual e combinada, criando ao mesmo tempo padrões únicos de organização da produção e distribuição e particularidades sociais e culturais em torno desta organização. As implicações de ação política derivadas destes estudos para o progresso global e local são adequadamente expostas por David Harvey ao realizar a combinação entre a geografia e a economia política marxista no estudo dos territórios no capitalismo.

Referências

BATISTA JR. P. N. “Mitos da ‘globalização’”, Estudos Avançados, vol. 12, no. 32, pp. 125-186, 1998.

BRANDÃO, C. A. Território e desenvolvimento: as múltiplas escalas entre o local e o global. Campinas: Editora da Unicamp, 2007.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand-Brasil, 2007.

FIORI, J. “Globalização e democracia”. In: FIORI, J. Os moedeiros falsos. Petrópolis: Editora Vozes, 1997a.

________. “O novo papel do Estado frente à globalização”. In: FIORI, J. Os moedeiros falsos. Petrópolis: Editora Vozes, 1997b.

FRIEDMAN, T. L. O mundo é plano. São Paulo: Editora Objetiva, 2005.

HAESBAERT, R. O mito da desterritorialização: do fim dos territórios à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 2004.

HARVEY, D. Espaços de esperança. São Paulo: Loyola, 2004.

HARVEY, D. A produção capitalista no espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

LUXEMBURGO, R. A acumulação do capital: estudo sobre a interpretação econômica do imperialismo. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1970.

PAULANI, L. “A crise do regime de acumulação com dominância da valorização financeira e a situação do Brasil”, Estudos Avançados, vol. 23, no. 66, pp. 25-39, 2009.

PUTNAM, R. D. Comunidade e democracia: a experiência da Itália moderna. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2000.

REIS, J. Ensaios de economia impura. Coimbra: Edições Almedina, 2007.

THEIS, I. M. “Do desenvolvimento desigual e combinado ao desenvolvimento geográfico desigual”, Novos Cadernos NAEA, v. 12, n. 2, p. 241-252, 2009.

TROTSKY, L. O programa de transição. The Marxists Internet Archive, 1938. Disponível em: .

________. “The ABC of Materialist Dialectics”. In: TROTSKY, L. A petit-bourgeois opposition in the Socialist Workers Party, Trotsky, December 15, 1939. Disponível em: <http://www.marxists.org/archive/trotsky/1939/12/abc.htm>. Acesso em: 20/12/2012.

Downloads

Publicado

2015-09-15