Kalecki: entre Marx e Keynes

Autores

  • Eleutério F S Prado FEA/Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Kalecki, marxismo, keynesianismo, demanda efetiva, pleno emprego

Resumo

Michal Kalecki, mesmo tendo partido da obra de Marx, nunca adotou de fato as suas diretrizes metodológicas. Desenvolveu apenas, isto sim, uma longa e profícua carreira de economista. De fato, ele nunca pretendeu mais do que desenvolver uma teoria positiva do funcionamento do capitalismo. Apesar de algumas divergências, construiu uma teoria muito similar à de Keynes – um economista liberal por formação e por opção política. Mesmo sendo um socialista, Kalecki não produziu uma teoria crítica do capitalismo. Tal como Keynes, analisou o sistema capitalista pela ótica da circulação do capital, dando sustentação à tese de que a meta desse sistema é a produção de valores de uso. Não escapou também, verdadeiramente, do paradigma da economia do equilíbrio.

Biografia do Autor

Eleutério F S Prado, FEA/Universidade de São Paulo

Professor sênior do Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Especialização: marxismo e teoria da complexidade.

Referências

CARVALHO, Fernando J. C. "Sorting out the issues: the two debates (1936/37; 1983/86) on Keynes’s finance motive revisited",

Revista Brasileira de Economia, vol. 50 (3), p. 312-327,1996.

KALECKI, Michal. Kalecki: economia. Org.: Jorge Miglioli. São Paulo: Ática, 1980.

________. Crescimento e ciclo das economias capitalistas. Org.: Jorge Miglioli. São Paulo: Hucitec, 1977.

KEYNES, John M. Teoria geral do emprego, do juro e do dinheiro. São Paulo: Editora Abril, 1983.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política, Livro I, Volume 1. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

________. O capital: crítica da economia política, Livro III, Volume 1. São Paulo: Abril Cultural, 1984.

MATTICK, Paul. Marx & Keynes: Os limites da economia mista. Lisboa: Antígona, 2010.

MÜLLER, Marcos L. "Exposição e método dialético em 'O Capital'. In: Boletim SEAF, nº 2, 1982. Na internet <https://eleuterioprado.wordpress.com/2015/09/09/metodo-de-o-capital/>.

POSSAS, Mário L. "Demanda efetiva, investimento e dinâmica: a atualidade de Kalecki para a teoria macroeconômica", Revista de Economia Contemporânea, vol. 3 (2), p. 17-46, 1999.

POSSAS, Mário L. & Baltar, Paulo E. A. "Demanda efetiva e dinâmica em Kalecki", Pesquisa e Planejamento Econômico, p. 107-160, 1981.

PRADO, Eleutério F. S. "Pós-grande indústria e neoliberalismo", Revista de Economia Política, vo. 25 (1), p. 11-27, janeiro-março de 2005.

ROBINSON, Joan. Kalecki and Keynes. In: Contributions to modern economics. Oxford: Basil Blackwell, p. 53-60, 1978.

SARDONI, Claudio. Unemployment, recession and effective demand: the contributions of Marx, Keynes and Kalecki. heltenham,

UK: Edward Elgar, 2011.

SHAIKH, Anwar. Capitalism: competition, conflict, crisis. New York: Oxford University Press, 2016.

________. "A dynamic approach to the theory of effective demand", Revista de Economia Política, vol. 9 (1), nº 3, p. 131-152, 1989.

SOTIROPOULOS, Dimitris. "Kalecki’s dilemma: toward a Marxian Political Economy of Neoliberalism", Rethinking Marxism, vol. 23 (1), p. 100-116, 2011.

Downloads

Publicado

2016-07-08