A genealogia da mais-valia como caminho para a compreensão da crítica da economia política

Autores

  • Adriano Lopes Almeida Teixeira universidade federal do espírito santo

Palavras-chave:

Economia Política, História do Pensamento Econômico, Metodologia da Economia

Resumo

Este artigo pretende demonstrar a singularidade da crítica da economia política realizada por Marx como superação da crítica filosófica na qual foi formado, pela afirmação da centralidade das determinações materiais da vida social. Nesse processo, foi central a reconfiguração da dialética hegeliana empreendida por Marx, sintetizada na descoberta da categoria mais-valia. A genealogia desta categoria será sumariamente reconstituída mediante o exame do itinerário teórico de Marx, desde os anos como jornalista na Gazeta Renana até o momento de sua descoberta nos Grundrisse. A mais-valia é entendida, pois, como ponto fulcral de um longo processo de investigações movido tanto por uma insatisfação com a filosofia de seu tempo, quanto pela motivação político-ideológica de transformação socialista do mundo, representando a categoria-síntese, o núcleo fundamental da crítica da economia política, a partir do qual a essência da sociedade capitalista pôde ser revelada.

Biografia do Autor

Adriano Lopes Almeida Teixeira, universidade federal do espírito santo

departamento de economia

Downloads

Publicado

2019-01-11