Os fatores determinantes da desaceleração econômica da União Soviética

Autores

Palavras-chave:

Economia socialista, URSS, Desaceleração econômica soviética

Resumo

O presente artigo constata e analisa o processo de desaceleração econômica enfrentado pela antiga União Soviética tendo a Economia Política Marxista por base teórica. Seu objetivo é identificar as causas de tal processo. Ao fim, concluiu-se que a criação do Comitê Coordenador para o Controle de Exportações Multilaterais pelos Estados Unidos, o esgotamento do componente extensivo do crescimento econômico, a reestruturação das relações de produção socialistas e a existência de circunstâncias particulares que se converteram em freios ao processo de elevação da força produtiva na URSS constituíram os fatores determinantes da referida desaceleração.

Biografia do Autor

Antonio Carneiro de Almeida Júnior, Universidade Federal da Paraíba

Professor Adjunto da Universdade Federal da Paraíba (UFPB). Contato eletrônico: antonioalmeidajr1@gmail.com.

Referências

AGANBEGUIAN, A. G. A revolução na economia soviética: a perestroϊka. 2 ed. Portugal: Publicações Europa-América, 1988.

ALLEN, R. C. Farm to Factory: a reinterpretation of the soviet industrial revolution. 1 ed. Princeton: Princeton University Press, 2003.

ALMEIDA JÚNIOR, A. C. & GERMER, C. M. “A estratégia de desenvolvimento da União Soviética: prioridade ao departamento I”, Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política, Niterói, n. 41, pp. 123-149, jun-set 2015.

ANDERSON, B. A. & SILVER, B. D. “Growth and Diversity of the Population of the Soviet Union” In: ANNALS of the American Association of Political and Social Sciences. JStor, n. 510, v. 1, pp. 155-177, jul. 1990.

BLACKBURN, R. (Org.). Depois da queda: o fracasso do comunismo e o futuro do socialismo. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

BROUÉ, P. União Soviética: da revolução ao colapso. 1 ed. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1996.

CORIAT, B. Pensar pelo avesso: o modelo japonês de trabalho e organização. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ / Revan, 1997.

DRAGUÍLEV, M. S. A crise geral do capitalismo. Varginha: Editora Alba, 1961.

FERNANDES, Luís. URSS: ascensão e queda. 2 ed. São Paulo: Editora Anita Garibaldi, 1992.

FEL’DMAN, G. A. “On the Theory of Growth Rates of National Income I” In: SPULBER, N. (ed.) Foundations of Soviet Strategy for Economic Growth. Bloomington: Indiana University Press, 1964a.

FEL’DMAN, G. A. “On the Theory of Growth Rates of National Income II” In: SPULBER, N. (ed.) Foundations of Soviet Strategy for Economic Growth. Bloomington: Indiana University Press, 1964b.

GERMER, Claus Magno. “Marx e o Papel Determinante das Forças Produtivas na Evolução Social”, Crítica Marxista, n 29, pp. 75-95. Campinas: IFCH Unicamp, 2009.

GÚROV, P. & GONCHAROV, A. La Política Agraria Leninista. 1 ed. Moscow: Editorial Progreso, 1977.

LENIN, V. O imperialismo: fase final do capitalismo. João Pessoa: Editora Mandacaru, 1990.

MARX, Karl. & FRIEDRICH, Engels. A ideologia alemã. São Paulo: Martin Claret, 2004.

MARX, Karl. Contribuição para a crítica da Economia Política. 2 ed. Lisboa: Editorial Estampa, 1973.

MARX, Karl. Teorias da mais-valia: história crítica do pensamento econômico. 1.ed. São Paulo: Difel, 1980.

MARX, Karl. O capital. 2.ed. São Paulo: Nova Cultural, 1985.

MARX, Karl. Grundrisse: manuscritos econômicos de 1857-1858. Esboços da crítica da economia política. São Paulo: Boitempo Editorial, 2011.

OHNO, Taiichi. O Sistema Toyota de Produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Bookman, 1997.

PAULINO, Robério. Socialismo no século XX: o que deu errado? Goiânia: Kelps, 2008.

ROSENTAL, M. M. & STRAKS, G. M. Categorías del Materialismo Dialéctico. México, D. F.: Editorial Grijalbo, S.A., 1958.

SEGRILLO, Ângelo. O declínio da URSS: um estudo das causas. 1 ed. Rio de Janeiro; São Paulo: Editora Record, 2000a.

SEGRILLO, Ângelo. O fim da URSS e a Nova Rússia: de Gorbachev ao pós-Yeltsin. Petrópolis: Editora Vozes, 2000b.

UNITED NATIONS – DEPARTAMENT OF ECONOMIC AND SOCIAL AFFAIRS. World Economic Survey 1955. New York: 1956.

UNITED NATIONS – DEPARTAMENT OF ECONOMIC AND SOCIAL AFFAIRS. World Economic Survey 1960. New York: 1961.

UNITED NATIONS – DEPARTAMENT OF ECONOMIC AND SOCIAL AFFAIRS. World Economic Survey 1990: current trends and policies in the world economy. New York: 1990.

U.S. BUREAU OF THE CENSUS. USA/USSR: Facts and Figures. Washington, DC: U.S. Government Printing Office, 1991.

Downloads

Publicado

2019-12-16