Apontamentos acerca da origem do debate sobre heranças na visão da economia política clássica e de Marx

Autores

Palavras-chave:

heranças; História do Pensamento Econômico; desigualdade econômica intergeracional.

Resumo

A temática da herança na formação do patrimônio tem ganhado destaque nos debates políticos, sociais e econômicos atuais, principalmente após a crise de 2007/8. Contudo, poucos dos envolvidos nesse debate têm claro que as origens dessa questão estão na Economia Política Clássica e em sua principal crítica (a de Karl Marx). Diante disso, esse artigo tem como objetivo discutir as heranças, vistas como o principal vetor da reprodução intergeracional da concentração de riqueza,  na perspectiva dos principais autores clássicos – e de alguns de seus herdeiros contemporâneos – e na perspectiva da crítica da Ecomia Política. Com tal intuito, o texto primeiramente expõe sobre o direito de legar e o direito de herdar na tradição liberal clássica, tais como em Adam Smith e Stuart Mill, bem como seus herdeiros contemporâneos, como, por exemplo, Thomas Piketty. Na sequência, por sua vez, contrapõe-se as ideias destes últimos intelectuais com as de autores que apresentaram perspectivas mais radicais, pela abolição da herança e, acima de tudo, da propriedade privada. Neste tópico, a abordagem sobretudo de Karl Marx é explorada. Por fim, tecem-se algumas conclusões.

Biografia do Autor

Antonio Albano de Freitas, New School for Social Research

Doutor em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro do Grupo de Análise Marxista Aplicada (GAMA). E-mail: antonio.albanodefreitas@gmail.com.

Alexis Saludjian, UFRJ

Professor do Instituto de Economia (IE) da Universdiade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro do Grupo de Análise Marxista Aplicada (GAMA). E-mail: saludjian@ie.ufrj.br.

Eduardo Costa Pinto, UFRJ

Professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro do Grupo de Análise Marxista Aplicada (GAMA). E-mail: eduardo.pinto@ie.ufrj.br.

Referências

ATKINSON, Anthony. Desigualdade: o que pode ser feito? São Paulo: Leya, 2015.

BATHIA, H. L. Public Finance. 29th edition. New Delhi: University of Delhi, Vikas Publishing House PVT, 2018.

BIRCHALL, Ian. The spectre of Babeuf. London: Palgrave Macmillan UK, 1997.

ENGELS, Friedrich. Discurso no Festival de Nações, Londres, 22 de setembro de 1845. Discurso na íntegra disponível online em: http://marxists.anu.edu.au/archive/marx/works/1845/12/01.htm.

____________________. The principles of Communism. 1847. Disponível online em: https://www.marxists.org/archive/marx/works/1847/11/prin-com.htm.

____________________. A origem da família, da propriedade privada e do Estado. 8ª edição. Tradução de Leandro Konder. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.

ERREYGERS, Guido. “Views on Inheritance in the History of Economic Thought” In: ERREYGERS & VANDEVELDE (eds.). Is inheritance legitimate? Ethical and economic aspects of wealth transfers. New York: Springer-Verlag Berlin Heidelberg, 1997.

FLEISCHACKER, Samuel. On Adam Smith’s Wealth of Nations. A Philosophical Companion. United Kingdom: Princeton University Press, 2004.

HASLETT, D. W. “A Reply to Bracewell-Milnes” In: ERREYGERS & VANDEVELDE (eds.). Is inheritance legitimate? Ethical and economic aspects of wealth transfers. New York: Springer-Verlag Berlin Heidelberg, 1997.

LINDERT, Peter H. & WILLIAMSON, Jeffrey G. “English workers’ living standards during the Industrial Revolution: a new look”, Economic History Review, Economic History Society, vol. 36 (1), pp. 1-25, 02. 1983.

MARQUES, Rosa Maria & LEITE, Marcel. “Notas críticas sobre O capital no século XXI de Thomas Piketty”, Revista de Economia Política, vol. 36, n. 4, São Paulo, out/dez 2016.

MARX, K. The right of inheritance. First published in the pamphlet Report of the Fourth Annual Congress of the International Working Men's Association, held at Basle, Switzerland, agosto de 1869. Disponível online em: https://www.marxists.org/history/international/iwma/documents/1869/inheritance-report.htm#:~:text=the%20General%20Council-,The%20right%20of%20inheritance,Council%20on%20August%203%2C%201869%3B&text=Inheritance%20does%20not%20create%20that,individuals%20who%20yield%20that%20power.

_________. O capital: crítica da economia política. Tradução de Régis Barbosa e Flávio R. Kothe. São Paulo: Abril Cultural, 1983 (Os Economistas).

_________. Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo: Boitempo, 2004.

MARX, Karl & ENGELS, Friedrich. The holy family or critique of critical critique. Moscow: Foreign Languages Publishing House. 1956.

___________________________________. O Manifesto Comunista. Instituto José Luís & Rosa Sundermann, 2003.

MASSON, A. & PESTIEAU, P. “Bequests Motives and Models of Inheritance: a survey of the literature” In: ERREYGERS & VANDEVELDE (eds.). Is inheritance legitimate? Ethical and economic aspects of wealth transfers. New York: Springer-Verlag Berlin Heidelberg, 1997.

MÉSZÁROS. I. A teoria da alienação em Marx. São Paulo: Boitempo, 2006.

MILL, John Stuart. Princípios de economia política. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1988.

NOZICK, R. The Examined Life. New York: Touchstone, 1990.

PIKETTY, Thomas. O capital no século XXI. Tradução de Monica Baumgarten de Bolle. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.

____________________. Capital e Ideología. Tradução Daniel Fuentes. Bilbao: Editora Deusto, 2019.

RICARDO, David. Princípios de economia política e tributação. Tradução de Paulo Henrique Ribeiro Sandroni. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens, vol. II. Tradução de Lourdes Santos Machado. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1999.

SAY, Jean-Baptiste. Letters to Mr. Malthus on Several Subjects of Political Economy and on the Cause of the Stagnation of Commerce. Translated by John Richter [1821]. Reprints of Economic Classics. New York: Augusts M. Kelley, 1967.

SMITH, Adam. Investigação sobre a natureza e a causa da riqueza das nações. Tradução de Luís João Baraúna. 3ª Edição, vol. III. São Paulo: Nova Cultural, 1988 (Os Economistas).

_______________. Lectures on Jurisprudence. Glasgow Edition of the Works and Correspondence of Adam Smith (1981-1987) Vol. V: Lectures on Jurisprudence. Edição online publicada pela Liberty Fund sob licença da Oxford University Press. 2004.

VAROUFAKIS, Yanis. “Egalitarianism's latest foe: a critical review of Thomas Piketty's Capital in the Twenty-First Century”, Real-World Economics Review, n. 69, 2014.

Downloads

Publicado

2020-12-27